Olivomoura

Organizada pela Câmara Municipal de Moura, em colaboração com outras entidades, a Feira de Maio é um dos principais eventos do calendário económico e cultural do concelho. Durante quatro dias vêm até Moura milhares de visitantes para participar das atividades que fazem parte da programação do certame.

A XIV Olivomoura - Feira Nacional de Olivicultura, que tem como principal objetivo divulgar um dos produtos de excelência do concelho, o azeite, traz para a programação da Feira de Maio iniciativas como o II Congresso Nacional do Azeite, marcado para sexta-feira, dia 13, o Concurso Nacional de Azeite do Alentejo, a entrega do Prémio de Mérito Académico Olivomoura 2016, provas comentadas de azeite, showcookings, entre outras.

A partir deste primeiro dia de Olivomoura 2016, a cidade passa a ter também, o Parque de Leilão de Gado, no Parque de Feiras e Exposições. Um espaço para a realização de iniciativas durante o certame, como o XVII Concurso de Modelo e Andamento/Éguas PSL e Cruzadas, o V Leilão de Poldros Puro-Sangue Lusitano e Cruzados e as exposições de éguas, de caprinos e ovinos.

O investimento total no edifício do Parque de Leilão de Gado foi de 481 mil euros, comparticipado em 85% pelo FEDER. Os arranjos exteriores, da responsabilidade do município, têm um custo de 97 mil euros. A gestão fica a cargo da empresa municipal Herdade da Contenda e também ali são disponibilizadas salas para a Escola Nacional de Caça, Pesca e Biodiversidade.

Em paralelo à XIV Olivomoura e Feira de Maio decorre o V Salão de Caça e Pesca, que coloca em evidência estas duas atividades, estando programadas iniciativas diretamente relacionadas com as temáticas, tais como a demonstração de homologação de Troféus de Caça Maior, provas de pesca, mostra de cães de caça do concelho ou a realização da III Prova da Taça FAC Santo Huberto.


Comente esta notícia