SIDA

Aquele documento refere, no caso de Portugal, que a prevalência de VIH nos trabalhadores do sexo é maior nos homens, do que nas mulheres, e que o número de novos casos de sida em Portugal diminuiu em 2013, ano em que, segundo as autoridades portuguesas, foram registadas menos 200 notificações, relativamente a 2012.

Telo Faria, coordenador regional da infecção VIH/Sida, explica porque aumentou o número de seropositivos no mundo, revelando a causa simples que lhe está associada.

Reportando-se ao Alentejo, Telo Faria referiu que a prevalência de VIH/Sida também aumentou, pelas mesmas razões que identificou para os valores registados no mundo e que as incidências têm diminuído.

Apesar de considerar que não tem sido fácil fazer passar a mensagem da prevenção, relativamente ao VIH/Sida, Telo Faria acredita contudo, que a diminuição de incidências registadas pode resultar das várias campanhas de sensibilização realizadas sobre a adopção de comportamentos preventivos.


Comente esta notícia