Museu Municipal de Vidigueira

Esta iniciativa tem como objetivo fortalecer a dinamização da base económica e o reforço da atratividade do território e criar relações de cooperação institucional e empresarial com as delegações dos países envolvidos.

Nesse sentido, pretende-se promover os produtos e as empresas de maior notoriedade do território, sobretudo as que assumem maior preponderância na economia do vinho e do azeite, setores cuja crescente afirmação nos mercados nacionais e internacionais tem projetado o concelho da Vidigueira no plano da excelência. As declarações são do presidente da Câmara, Rui Raposo.

Nesta sexta-feira, o programa prevê uma receção nas instalações da Câmara, às 12.00 horas, seguida de visitas à Adega Ribafreixo, ao Museu Municipal, à Igrejinha Nova, com atuação do Grupo Coral Polifónico e à Adega Cooperativa de Vidigueira, com atuação dos grupos corais do concelho.

No sábado, dia 14, as visitas começam cedo, em São Cucufate e nesta localidade são feitas visitas a adega tradicional de vinho de talha, com explicação do professor Arlindo Ruivo e ao Quetzal, assim como ao seu Museu de Arte Contemporânea. Em Vila de Frades são feitas ainda, visitas a uma queijaria, uma taberna tradicional e à Igreja Matriz.

No domingo, dia 15, as visitas programas são à Quinta do Carmo, à Adega Herdade do Sobroso, a Alcaria da Serra e Marmelar. O programa inclui ainda, durante a manhã, uma sessão de cumprimentos em Selmes e Pedrogão.


Comente esta notícia