ORQUESTRA GULBENKIAN

Aquele concerto tem como palco a igreja de São João Baptista, matriz de Moura, e em destaque no concerto estão algumas das principais obras de Mozart e de Morton Feldman, escritas para violino e violeta.

"Instantes infinitos: Mozart, Feldman & Mozart" é o tema do concerto, que além dos músicos da Gulbenkian conta em palco com a violinista Vera Martínez e o violetista Jonathan Brown, sob a direção musical de Paul McCreesh e Pedro Neves.

O Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja considera este evento de Moura, com início marcado para as 21.30 horas, o "corolário" perfeito para esta "temporada musical" e mais "um passo no sentido da afirmação de um projecto cultural consistente".

Este ano, o "Terras Sem Sombra" foi especialmente dedicado ao primeiro bispo de Beja e figura marcante da cultura portuguesa, D. Frei Manuel do Cenáculo, por ocasião dos 200 anos da sua morte.

Antes da cortina descer definitivamente, sobre o Festival de Música Sacra do Baixo Alentejo 2014, no dia 5 de Julho vai ser feita a entrega do prémio internacional "Terras sem Sombra", a partir das 18.30 horas, no Forte do Revelim, em Sines.


Comente esta notícia