Marcha STAL

À porta do Parlamento, o STAL vai reafirmar “a exigência de aumentos salariais, com um mínimo de 90 euros para todos os trabalhadores, a regulamentação do suplemento de insalubridade penosidade e risco, a reformulação da tabela remuneratória única e a garantia do pagamento das indemnizações por acidentes de trabalho.”

No documento do STAL é realçado o facto, de “lamentavelmente, na sua proposta de OE, o Governo não dar resposta a nenhuma destas reivindicações.”


Comente esta notícia