manif serpa

Em nota de imprensa, a Câmara Municipal de Serpa, frisa que “é inadmissível o adiamento, ano após ano, da decisão do Governo sobre a requalificação da Escola Secundária” e que se associa “às manifestações de descontentamento por parte dos alunos, encarregados de educação, professores e pessoal não docente”, reforçando “a sua firme vontade de continuar a fazer todos os esforços para que o Ministério da Educação avance com as obras.” As declarações são da vereadora da Câmara de Serpa Odete Borralho.

A Câmara Municipal de Serpa salienta, ainda, que “a resolução deste problema é urgente e que, sendo um equipamento da responsabilidade do Ministério da Educação, a entidade deve considerar que a intervenção deve ser considerada como prioritária, assumindo os encargos indispensáveis para a sua requalificação total, dotando-a das condições de funcionamento condignas e absolutamente necessárias para que o princípio do acesso à Escola Pública, em condições de igualdade seja cumprido.” 


Comente esta notícia

Galeria de fotos