Serpa

No documento, a Câmara de Serpa informa que esta linha de apoio psicológico foi “criada com o objetivo de escutar, aconselhar e apoiar psicologicamente a população da área de influência da ULSBA” e que a mesma pode ser utilizada, também, pelos “munícipes do concelho”.

A Câmara de Serpa avança, ainda, que “duas trabalhadoras” da autarquia “participaram no passado dia 27 de março, numa formação on-line para poderem fazer estes atendimentos, que serão confidenciais e gratuitos” e que se está a aguardar “operacionalização da ULSBA, para que esta linha entre em funcionamento.”


Comente esta notícia

Galeria de fotos