Resialentejo

Nos primeiros quatro meses de 2020, refere a nota de imprensa da RESIALENTEJO, “as seis autarquias recolheram mais 98 toneladas de recicláveis que em igual período do ano passado (mais 33%), totalizando a recolha de 295 toneladas de recicláveis, em que 38 toneladas são de plástico/metal, 203,7 toneladas de papel/cartão e 53,8 toneladas de vidro.”

A RESIALENTEJO frisa que, apesar do período que se está a viver, “os resultados obtidos” permitem “afirmar que balanço deste projeto é bastante positivo, quer ao nível do incremento da quantidade de recicláveis recolhidos, quer ao nível da adesão dos munícipes.” Refere, ainda, que “com a expetável consolidação das experiências piloto e a possibilidade de alargamento a novas áreas, as expetativas de sucesso do projeto são elevadas, contando para isso com a participação ativa da população.”

Recorde-se que este projeto resultou da candidatura apresentada “ao POSEUR para a implementação de um sistema de recolha porta a porta de resíduos para mais de 7000 habitantes, abrangendo também a recolha de recicláveis no sector HORECA.” 


Comente esta notícia