laço rosa cancro da mama
Esta iniciativa surge através da unidade móvel do Núcleo Regional do Sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro, com o apoio da autarquia de Odemira. Um rastreio que se destina a mulheres com idade compreendida entre os 45 e os 69 anos.

Esta acção surge integrada na intervenção do Núcleo Regional do Sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro, no âmbito do Plano Oncológico Nacional e no Programa Europeu Contra o Cancro.

Através do diagnóstico atempado é possível encontrar formas adequadas de tratamento, bem como melhorar a qualidade de vida das pacientes, a detecção precoce da doença permite encontrar meios menos agressivos para a debelar, trazendo claros benefícios para pacientes e familiares, pelo que o município de Odemira se associa a esta iniciativa indutora de práticas preventivas conducentes a estilos de vida saudáveis e pró-activos.

A partir de hoje e até ao próximo dia 18 o rastreio pode ser efectuado no Salão de Festas de Colos.

Comente esta notícia