campanha cancro da mama
No concelho de Moura estão convocadas, através de carta enviada pela Liga Portuguesa Contra o Cancro, 2378 mulheres. No último rastreio houve uma participação de 61,97% do total de mulheres chamadas a realizar o rastreio.

O rastreio de cancro da mama tem permitido o diagnóstico de centenas de cancros em fase inicial e, consequentemente, curáveis ou controláveis. O rastreio é uma actividade preventiva cientificamente reconhecida e que consiste na realização de uma mamografia de dois em dois anos.

A autarquia e Moura apela à participação de todas as mulheres que forem convocadas para a realização do rastreio e lembra a importância que tem o diagnóstico precoce desta doença, por forma a aumentar as probabilidades de cura.

A partir de hoje e até ao próximo dia 16 a unidade móvel vai estar em Amareleja, junto à delegação da autarquia, numa acção que se dirige às mulheres de Amareleja, Póvoa de São Miguel e Estrela.

Comente esta notícia