IV SIMSIC 2013 CARTAZ FINAL

O evento deste ano volta a focalizar aspectos relacionados com a engenharia de segurança informática e o direito informático, domínios indissociáveis do cibercrime e conta com a presença de reconhecidas individualidades externas ao IPBeja, explicou a professora Alexandra Moedas, da organização, destacando a participação de Rogério Bravo, inspector-chefe da Polícia Judiciária, e de Pedro Verdelho, coordenador do Gabinete de Cibercrime da Procuradoria Geral da República.

Alexandra Moedas relevou também o facto, do IV Simpósio de Segurança Informática e Cibercrime ser constituído por três sessões, uma dedicada ao cibercrime, outra à cibersegurança e uma terceira sobre tecnologias.

O SimSIC é já um evento de referência nacional no domínio do cibercrime, que em anos anteriores excedeu os 300 participantes. Este ano, de acordo com a professora Alexandra Moedas, as expecativas são boas e até à data, para um auditório com capacidade para 300 pessoas, já foram feitas mais de 250 inscrições.

Tal como em anos anteriores revelou, igualmente, Alexandra Moedas, os participantes dividem-se entre académicos e profissionais e para o SimSIC deste ano, mais de 50 por cento das inscrições são da comunidade académica do IPBeja.

A sessão de abertura do SimSIC 2013 é feita pelo inspector-chefe da Polícia Judiciária, Rogério Bravo, às 10.00 horas, o simpósio deste ano conta também com a participação de Pedro Verdelho, coordenador do Gabinete de Cibercrime da Procuradoria Geral da República e os trabalhos encerram às 18.00 horas, com a realização de um debate.


Comente esta notícia