SÍMBOLO DO PARTIDO SOCIALISTA

O PS do concelho de Serpa assegura que “o presidente da Câmara de Serpa”, na sessão pública do passado dia “29 de maio”, referiu “que lhe foi comunicado pela secretaria de Estado que não haveria lugar a qualquer encerramento nas escolas de A-do-Pinto e de Vales Mortos”. Acrescenta que “os vereadores do PS recomendaram ao Executivo que faça novo comunicado a corrigir a situação e assim tranquilizar os munícipes”.

No documento do PS de Serpa é referido que “o executivo CDU da CMS acusa o Ministério da Educação (ME) de utilizar «critérios cegos», para o encerramento da Escola Primária de A-do-Pinto (pré-escolar e primeiro ciclo) e do Pré-Escolar de Vales Mortos, o que é falso, a decisão tem por base rácios que foram definidos, com os quais até podemos discordar, mas que não seriam aplicados sem que antes fosse solicitado, pelo ME, que a autarquia que se pronunciasse sobre o assunto.”

É referido, também, que “esta matéria esteve por duas vezes em sessão de câmara, sempre com unanimidade (PS e CDU) nas decisões de rejeição dos encerramentos e na resposta aos ofícios n.º 797 e 803 enviados por parte da DGESTE, com as fundamentações que justificam a manutenção dessas escolas. O comunicado foi emitido um dia depois do resultado desastroso da CDU nas Eleições Europeias e antes de ser conhecida a decisão do ME, o que só pode ter uma leitura, sendo por isso precipitado e demagogo.”


Comente esta notícia