Prémio Fialho de Almeida

A Câmara Municipal de Cuba, a Direção Regional de Cultura do Alentejo e a Associação Cultural Fialho de Almeida anunciam que “os trabalhos que vão ser alvo de escrutínio para a primeira edição do Prémio Literário Fialho d'Almeida - de um total de vinte candidaturas apresentadas - são treze”, ou seja os que “cumpriam as condições de admissão ao prémio, tendo sido excluídas sete que não cumpriam os requisitos.”

A obra vencedora será conhecida em junho de 2020, em sessão pública marcada para o efeito, em data a anunciar, no Museu Literário Casa Fialho de Almeida.

Recorde-se que “esta é a primeira edição deste Prémio, criado em junho de 2019, fruto de uma parceria entre o Município de Cuba, a Direção Regional de Cultural do Alentejo e a Associação Cultural Fialho de Almeida. Instituído em especial homenagem ao escritor, tem por objetivo fomentar o gosto pela leitura e pela escrita, promovendo, defendendo e valorizando a Língua Portuguesa, ao mesmo tempo que se destina também à promoção da criação literária. São aceites a concurso obras na modalidade de coletânea de contos e romance, sendo privilegiadas as temáticas diretamente relacionadas com a região Alentejo.” 


Comente esta notícia