Pedro do Carmo

“Face ao bloqueio existente, decorrente da redução da procura dos consumidores e das necessidades da indústria de transformação de produtos de qualidade derivados da raça de porco alentejano criado nos montados da região e ao risco que implica para a sustentabilidade da atividade dos criadores”, o deputado Pedro do Carmo, que também é presidente da Comissão Parlamentar da Agricultura e Mar da Assembleia da República, reuniu-se com representantes do setor e procedeu a um conjunto de iniciativas que “permitiram a disponibilização de um sistema de apoio às raças autóctones neste contexto excecional da pandemia, naturalmente aplicável à fileira do Porco Alentejano”. Tal como esclarece Pedro do Carmo.

“A par deste impulso de apoio às raças autóctones, orientado para a produção já concretizada, também têm sido desenvolvidas iniciativas para a existência de soluções no quadro do sistema bancário de conforto aos criadores que permita a acomodação da redução das vendas atuais e a capacidade para lançar um novo ciclo de produção na lógica do pós-pandemia ou do reforço da procura dos produtos de excelência dos territórios rurais nacionais”, referiu, ainda Pedro do Carmo.


Comente esta notícia