Iniciativa PCP

Miguel Violante, da DORBE do PCP, recordou que "o PCP fez este tipo de ação", ontem, "um pouco por todo o território" e referiu que o seu partido fez "50 propostas na área da saúde" e que "só foram aproveitadas 23". Identificou as que ficaram de fora e que deveriam ter avançado, como foi "o caso da 2ª fase de construção do Hospital de Beja", mas lembrou, também, que "uma das matérias em que se avançou foi na contratação de mais profissionais".

Vítor Picado, vereador da CDU na Câmara de Beja, participou nesta iniciativa e referiu que "o Executivo Municipal tem defendido o Hospital privado", mas que "pouco fez em defesa da 2ª fase de construção do Hospital de Beja". Na sua opinião falta “exigir ao Governo que sejam executados mais investimentos na área da saúde”. E neste contexto referiu mesmo que “a Câmara é submissa a este Governo”, ficando “calada”. “Falta pressão política e ouvir as pessoas”, frisou, ainda Vítor Picado.


Comente esta notícia