João Dias Coelho

Esta posição surge depois do grupo parlamentar do PCP ter apresentado, uma proposta concreta com vista a “despoletar o processo de criação das regiões administrativas, o pilar constitucional que falta ao Poder Local Democrático, e elemento fundamental para o desenvolvimento regional”. O PCP recorda que PS, CDS,CHEGA e Iniciativa Liberal votaram contra e PSD e PAN abstiveram-se.

Uma posição que leva Dias Coelho, da DRA do PCP, a falar numa “operação de cinismo e hipocrisia” por parte daqueles que se mostram regionalistas mas que depois na Assembleia da Republica têm outra postura. O grupo de deputados Pró-Alentejo também não fica de fora das críticas dos comunistas.

Ainda segundo Dias Coelho, a instituição das regiões é um imperativo constitucional, uma necessidade reconhecida para promover o desenvolvimento regional, aprofundar a democracia e reorganizar a administração do Estado.


Comente esta notícia