João Dias

“As IPSS da região são responsáveis por muitas das respostas que estão a ser dadas à população, mas viram, também, neste período de pandemia, muitas das suas fontes de rendimento suspensas, o que contribuiu, e muito, para os problemas financeiros que tentam agora ultrapassar”, frisou o deputado do PCP, eleito por Beja. João Dias esclareceu que “para além de precisarem de manter as respostas à população que têm no terreno, as IPSS da região necessitam, igualmente, de manter a sua estrutura, nomeadamente o pagamento de salários aos seus funcionários”.

Para João Dias urge implementar medidas de salvaguarda das IPSS e esclarece quais, por serem estas as “instituições que atendem às pessoas institucionalizadas”.

“Legislar e criar condições de financiamento e funcionamento das IPSS é o caminho”, garante o deputado do PCP, João Dias, revelando que o seu partido vai “intervir na Assembleia da República, propondo projetos-lei que resolvam as necessidades identificadas por estas instituições”.

Depois de conhecer as dificuldades e os problemas das IPSS da região, o deputado João Dias, eleito pelo PCP, ouve na sexta-feira, dia 24, às 11.00 horas, as estruturas sindicais.

Para este mês de abril estão agendadas, ainda, audições às micro, pequenas e médias empresas, no dia 28 e aos agentes culturais, no dia 30.


Comente esta notícia