Outeiro do Circo Escavações

O projecto arqueológico do Outeiro do Circo, que tem como principal objectivo o estudo e divulgação do povoado fortificado da Idade do Bronze do referido outeiro, em Mombeja/Beringel, anunciou uma nova parceria de investigação com o Centro Hércules, da Universidade de Évora, para o desenvolvimento de diversos estudos de arqueometria ao longo de 2014.

Os trabalhos analíticos incidirão sobre materiais líticos e cerâmicos recolhidos nas escavações efectuadas no Outeiro do Circo, entre 2008 e 2013, para além de outras acções relacionadas com a investigação no terreno, explicou à Voz da Planície, um dos coordenadores do projecto, Miguel Serra.

Miguel Serra explicou também, o que significa, em termos de avanço científico, a colaboração com o Centro Hércules.

Para além da colaboração com o Centro Hércules, da Universidade de Évora, o projecto arqueológico do Outeiro do Circo tem também outras parcerias.

Com o Instituto Politécnico de Beja estão a ser feitos estudos sobre geologia, com docentes, e estágios com alunos.

Com a Universidade de Aveiro está a ser realizada a análise de uma conta de colar. Trata-se da primeira peça identificada como sendo proveniente de redes comerciais a grande distância.

Com o Instituto Tecnológico e Nuclear foi feito um estudo de metais, em que se comprovou o fabrico de peças em bronze e ouro no Outeiro do Circo e em que se fizeram datações radiocarbónicas, essenciais para saber a época e as fases da ocupação humana do sítio.

 


Comente esta notícia