PSD

Os social-democratas de Ourique garantem que o valor da dívida era de 16 milhões de euros, em 2005, e que desde aquela altura, Pedro do Carmo já fez "pelo menos 3 milhões de dívidas a fornecedores, mais os vários empréstimos que contraiu, num total de mais de 7 mil euros.

Rui Brito, do PSD de Ourique, afirma que desde que Pedro do Carmo chegou à autarquia que os valores da dívida variaram várias vezes, comparou-o a José Sócrates, dizendo que só sabe mandar números para o ar, que não reduziu a dívida em 50 por cento como quis fazer crer e que acredita mesmo que até a tenha aumentado.

Rui Brito diz também que a bancada do PSD na Assembleia Municipal tem apresentado vários requerimentos a solicitar informações sobre vários assuntos relacionados com o funcionamento da autarquia, e que até hoje, não obtive nenhuma resposta acerca dos mesmos.

Contactado pela Voz da Planície, Pedro do Carmo não comentou as acusações efectuadas pelo PSD, mas recordou contudo, que as contas do Município de Ourique, referentes ao ano de 2012, foram aprovadas, por unanimidade, em sede de Assembleia Municipal, e que Rui Brito, enquanto eleito social-democrata, também votou a favor.


Comente esta notícia

Concordo a 500% com o que diz o Anacleto António. Os mamões continuam na esperança de recuperar o poder autárquico em Ourique para continuarem a encher os bolsos à custa do povo. Porque é que o Ruizinho não se candidata em cabeça de lista ? ainda vai a tempo!!! sabia a banhada que levava por isso chegou-se para traz e agora ladra de fora...coitado como se o povo de Ourique não o conhecesse, como diz o Anacleto e muito bem ele é um dos culpados do monstro toda gente sabe o ordenadão e extras que recebia sem fazer a ponta de um corno, e continua... é isso que lhe dói coitado.

eleitor de ourique

30/11/-0001

oh rui, está caladinho que nem falar sabes. também contribuis-te e muito para a divida da autarquia. todo o povo sabe disso. não venhas agora fazer de salvador da autarquia. se vocês tivessem vergonha na cara já tinham desaparecido daqui e á muito. como fizeram alguns mamões do vosso tempo, é por causa de gente como vocês é que este país está como está.

Anacleto António

30/11/-0001