Reparar motor de automóvel
Há cada vez mais oficinas clandestinas de reparação automóvel, o alerta é da ANECRA-Associação Nacional de Empresas do Comércio e da Reparação Automóvel numa altura em que surgem dados a dar conta que as oficinas estão a encerrar, a nível nacional, a um ritmo de três por dia.
António Chícharo, presidente da ANECRA, afirma que no distrito de Beja a situação não é tão grave como noutras regiões onde há uma grande quantidade de oficinas. Ainda segundo António Chícharo quando uma oficina fecha os seus profissionais têm que sobreviver e muitos optam por começar a trabalhar na clandestinidade.
António Chícharo afirma ainda que em tempo de crise muitos "consumidores" acabam também por optar pelas oficinas clandestinas porque sempre é mais barato por não cobrarem os 23% de IVA a que as outras oficinas estão sujeitas, ao mesmo tempo que acusa  a "fiscalização" de não actuar.

Comente esta notícia