Cuba

Orçamentada em mais de um milhão de euros, no seu global, a intervenção tem por objetivo a melhoria das condições de acessibilidade, com o alargamento da rua e a colocação de passeios dos dois lados da via, a criação de 37 lugares de estacionamento e 4 lugares para táxis, para além de pretender colocar o Largo Cristóvão Colon como ponto de encontro e nova praça pública.

A priorização do pedestre através da definição dos pavimentos, a dilatação da Rua Álvaro Castelões e o reforço da sua vocação pedonal e de fruição pública são outros dos propósitos desta empreitada, explica o município cubense. 

Segundo a autarquia de Cuba, “a interdição ao trânsito acontecerá de forma faseada ao longo do decurso da obra, estando para já, no início dos trabalhos, previsto o corte – que será devidamente sinalizado quando necessário – no troço entre o cruzamento com a Rua de Beja e o cruzamento com a Rua do Carmo”.


Comente esta notícia