mão idoso

Casimiro Menezes recorda que os residentes dos lares estão sem visitas há mais de 2 meses e por isso, pede urgência na tomada de medidas.

Casimiro Menezes considera que, neste capítulo, a DGS tarda em avançar com medidas e defende que é fundamental criar condições para que os idosos voltem a ver os seus familiares ou amigos mais próximos.

Para Casimiro Menezes convém ter em conta que o isolamento total a que os idosos têm estado sujeitos leva a depressão, angustia, ansiedade e naturalmente a um agravamento da situação clínica destas pessoas.


Comente esta notícia