Combustíveis

A greve foi convocada pelo Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas e pelo Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias, que acusam a ANTRAM- Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias de não querer cumprir o acordo assinado em maio, que prevê uma progressão salarial.                                         

Perante esta greve o Governo decidiu declarar situação de crise energética, até 21 de Agosto, que implica medidas excepcionais para minimizar os efeitos da paralisação e garantir o abastecimento de serviços essenciais como forças de segurança e emergência  médica.

Foram impostos limites de abastecimento de combustível e foi criada uma Rede de Emergência de Posto de Abastecimento.

No distrito de Beja são 10 os postos que integram a REPA. Na cidade de Beja são prioritários os postos da BP na Rua António Sardinha, da GALP na Rua de Lisboa e do Intermarché.

Em Almodôvar fazem parte da REPA os postos da Cepsa na A2 e da GALP à entrada da vila, em Aljustrel o posto prioritário é o do Intermarché.

No concelho de Ourique é prioritário o posto da GALP no IC1, em Odemira, os postos da GALP na EN120 e na EN390, perto de Vila Nova de Milfontes. Em Serpa o posto de abastecimento prioritário é o do Intermarché.

A Rede de Emergência de Postos de Abastecimento Combustíveis deixa de fora os concelhos de Alvito, Vidigueira, Barrancos, Mértola, Castro Verde, Moura, Ferreira do Alentejo e Cuba.



Comente esta notícia