Paulo Abreu Lima

Abreu Lima, poeta de exceção e criador de canções que jamais serão esquecidas, escreveu para vários intérpretes, a nível regional e nacional, escreveu para António Zambujo, Buba Espinho, os Adiafa, Raquel Tavares, entre outros, e contou com várias participações no Festival RTP da Canção desde 2001, quando se estreou no certame com “Da Terra à Lua”, como autor e intérprete, em parceria com a Lura.

Foi o autor de “Feira de Castro”, musicado por Rui Veloso, do repertório de Mariza, era cooperador da Sociedade Portuguesa de Autores, desde dezembro de 2007.

“Voar Alto”, interpretada por Carla Pires, e “Sem Luar”, interpretada por Nuno Norte, são canções que também foram assinadas por Abreu Lima.

É reconhecido por ter produzido a versão portuguesa “A Thousand Years”, de Sting, que o músico britânico cantou com Mariza para o álbum dos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004.

Paulo Abreu Lima nasceu em Angola, em 23 de novembro de 1952. Apaixonou-se pelo Alentejo, lugar onde viveu várias décadas da sua vida, acabou por falecer ontem, dia 12 de janeiro, devido a uma doença prolongada.

"A Diretora Regional de Cultura do Alentejo lamenta, com pesar, o falecimento do letrista e compositor Paulo Abreu Lima (1952 – 2021). Paulo Abreu Lima contribuiu de forma assinalável para a cultura no Alentejo. O seu desaparecimento, que lamentamos profundamente, representa uma perda para toda a região. Sentidas condolências à família e amigos."


Comente esta notícia