inauguração 5 reis

A intervenção teve um custo na ordem dos 700 mil euros, cabendo à Câmara Municipal de Beja, 50% deste valor. O valor restante é financiado pelo Programa Valorizar da Turismo de Portugal (mais de 300 mil euros) e pela EDIA (50 mil euros).

A barragem de Cinco Reis integra as infraestruturas do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva (EFMA) e recebe a água da albufeira de Alqueva através de um sistema de canais e condutas com cerca de 90 km de extensão, depois de atravessar 4 albufeiras, 2 reservatórios intermédios e de ser bombada em 2 grandes estações elevatórias.

"O desenvolvimento desta parceria com a Câmara Municipal de Beja", salienta a EDIA, "permite evidenciar a importância da colaboração da EDIA, enquanto empresa de desenvolvimento regional, com os municípios da área de influência do EFMA na valorização e promoção do território e respetivos valores naturais e patrimoniais".

Às 16.45 horas, a governante, acompanhada por João Galamba, Secretário de Estado da Energia, visitará a Central Fotovoltaica Flutuante de Cuba Este, localizada no reservatório com o mesmo nome e construída no âmbito do Plano Nacional de Regadios.

"Esta Central, com uma potência Instalada de 1 MW, ocupa uma área com um hectare e a sua produção está dedicada à estação Elevatória que equipa aquele reservatório", frisa o comunicado da EDIA. 

"Esta estação elevatória é atualmente responsável por fazer chegar a água de Alqueva ao bloco de rega de Cuba-Este e será, com a expansão prevista, também a origem de água para o futuro bloco da Vidigueira", diz ainda o documento. 

Vídeo Praia 5 Reis: https://www.youtube.com/watch?v=y88uAYPql-0

Vídeo Solar Fotovoltaica: https://www.youtube.com/watch?v=gYba8PfRNlM


Comente esta notícia

Galeria de fotos