Terras sem Sombra

O concerto intitulado “Aos Quatro Ventos: Palimpsestos Musicais da Europa Central (Séculos XIX-XXI)”, organizado em parceria com o Município de Mértola e a Embaixada da Hungria, apresenta a melhor criação musical, da época romântica à atualidade, dos países do Grupo de Visegrád – Eslováquia, Hungria, Polónia e República Checa –, com obras de compositores tão marcantes como Chopin, Janácek, Dvorák, Kodály, Dadák, Kurtág, Dusík ou Malec. A apresentação do concerto que começa às 21.30 horas, na Igreja Matriz de Mértola é feita por José António Falcão, diretor do Festival Terras sem Sombra.

Na tarde de dia 14, com partida às 15.00h oras, os arqueólogos Cláudio Torres, Susana Gómez e Virgílio Lopes orientarão uma visita ao centro histórico da localidade. Uma ocasião verdadeiramente privilegiada para conhecer o trabalho levado a cabo, ao longo de décadas, pelo Campo Arqueológico de Mértola frisa José António Falcão.

Mértola, capital nacional da caça e coração do Parque Natural do Vale do Guadiana, é uma das zonas mais relevantes do país quanto à biodiversidade e no domingo de manhã há muito para ver, tal como explica José António Falcão.


Comente esta notícia