Simbolo da CDU

“Na reunião de Câmara do passado dia 7 o presidente apresentou uma proposta para a realização de Feira da Caça nos dias 23, 24 e 25 de outubro, assegurando que seriam tomadas todas as medidas sanitárias para a sua realização, situação que estava a ser acompanhada pelas estruturas locais de saúde”. Mas, os vereadores da CDU, “não são contra a realização deste evento, contudo, não votaram favoravelmente a data do mesmo, apresentando uma proposta de adiamento para uma altura mais oportuna. A proposta de realização foi aprovada com os votos do Partido Socialista que não aceitou os argumentos apresentados.” Neste contexto, os eleitos da CDU voltam hoje a esta matéria e vão requerer, de novo, o adiamento do evento, tendo em atenção os “perigos que a população pode correr, tendo de conviver em ambiente fechado com pessoas que chegam de proveniências diversas”. Isto mesmo explica o vereador da CDU na Câmara de Mértola Orlando Pereira.

“A declaração do Estado de Calamidade anunciada, vem dar razão à posição dos vereadores da CDU quanto à não realização da Feira da Caça na data proposta, o que encontra justificação nas orientações do Governo”. A Voz da Planície tentou, mas não conseguiu chegar à fala com o presidente da Câmara de Mértola para o ouvir sobre este pedido dos vereadores da CDU.


Comente esta notícia