Lince Ibérico IP

A empreitada consistiu na colocação de uma vedação com características específicas que impedem que a espécie em causa consiga trepar, complementada com rede adicional de reforço, que dificulta a passagem dos animais pela zona inferior.

A instalação da vedação decorreu entre os quilómetros 43,300 e 44,600 e tem por objetivo “a redução do risco de atropelamento do Lince Ibérico neste local, ao mesmo tempo que protege a EN122, das interferências marginais, melhorando as condições de segurança e circulação da via.”


Comente esta notícia