Hospital de Beja

“No Hospital de Beja está-se a tentar responder dia-a-dia, tendo em atenção que, nos últimos 15, o número de doentes Covid triplicou, mas sem deixar ninguém para trás, visto que continua a existir a necessidade de dar resposta a pacientes não Covid”, frisa o diretor clínico. José Aníbal acrescenta que “é preciso lembrar às pessoas que devem cumprir as recomendações, ajudando assim a evitar a pressão no SNS”.

Para o diretor clínico José Aníbal, “o aumento de doentes Covid deve-se aos períodos festivos, de Natal e Ano Novo”, frisa “o esforço que se tem feito, da parte de todos, para cuidar dos que precisam”, mas recorda que “tudo é finito”.

José Aníbal pede a todos que “fiquem em casa, no sentido de ajudarem os profissionais de saúde a ultrapassar os momentos difíceis que se estão a viver”


Comente esta notícia