Hélder Guerreiro

No balanço da primeira fase da candidatura de Hélder Guerreiro, com o lema: “Um Baixo Alentejo Mais Forte!”, o candidato assegura que no périplo que efetuou foi reforçada a ideia de que “sendo este o tempo para um novo ciclo, o PS terá que ter a capacidade de liderar a agenda política da região e de mobilizar todos os militantes, assim como construir pontes com os outros atores da região”.

Hélder Guerreiro parte agora para a segunda fase, ou seja aquela onde se faz “o caminho da construção da Moção de Orientação” e que se vai “ser materializar em quatro sessões temáticas”. “A primeira é no dia 10 deste mês, em Serpa e visa debater a transformação do modelo agrícola atual, assim como as suas oportunidades”, frisa Hélder Guerreiro.

“A segunda sessão é em Beja, no dia 13 e quer discutir o que devem ser as infraestruturas necessárias à região. A terceira é no dia 18 e nela se irá falar sobre as «nossas identidades» e cultura. A última é a 19, em Almodôvar, e neste caso a conversa é sobre o acesso das pessoas aos serviços de proximidade”, revelou, ainda, Hélder Guerreiro.

A data das eleições para a Federação do Baixo Alentejo do PS será conhecida durante o dia de hoje e deverão realizar-se a 13 ou a 14 de março. Recordo que na corrida à liderança socialista do distrito está, também, Nelson Brito.


Comente esta notícia

Galeria de fotos