Hangar Mesa

A autarquia recorda que “obtidos os licenciamentos necessários, na sequência dos testes realizados na primavera e no verão de 2020, por parte das entidades aeronáuticas competentes, o dia 12 de janeiro de 2021 fica assinalado no calendário como aquele em entrou no hangar a primeira aeronave para manutenção.”

“Neste momento o hangar emprega 40 pessoas entre pessoal mecânico, secretariado, engenharia, coordenação, prevendo a empresa o preenchimento de mais sensivelmente 10 postos de trabalho em fevereiro/março”, é avançado igualmente.

A "Mesa" prevê ultimar durante o mês de fevereiro, frisa, ainda, a Câmara, os “projetos de arquitetura e especialidades da segunda fase do hangar, a estar concluída em 2023, altura em que o empreendimento deverá ter um total de 150 postos de trabalho diretos”, recordando que “quando completada a segunda fase do hangar, o valor de investimento totalizará 30 milhões de euros.”


Comente esta notícia