Gonçalo Valente

Gonçalo Valente concentrou-se nos aspetos positivos que a pandemia deixou em 2020, referindo “o tempo de qualidade que passou a existir nas relações familiares” e o facto, de “nesta situação atípica, os portugueses terem conseguido demonstrar que são solidários e resilientes”.

O presidente da Distrital de Beja do PSD realçou, ainda, “a rapidez e a capacidade que a comunidade científica demonstrou ao conseguir presentear o mundo com uma vacina contra a Covid-19 num curto espaço de tempo”.

Quanto a 2021 disse que “vai ser de grandes decisões”, aludindo aos dois atos eleitorais marcados, presidenciais e autárquicas. Gonçalo Valente referiu, igualmente, que “é no próximo ano que se vai perceber a competência do Governo, ou a falta dela, na retoma da economia” e que deseja que “2021 seja repleto de coisas boas e felizes, e acima de tudo de inversão do que se está a viver”.


Comente esta notícia