militar da GNR

No âmbito de um processo de investigação por crime de tráfico de estupefacientes que decorria há cerca de sete meses, os militares apuraram que os suspeitos se dedicavam ao tráfico de produtos estupefacientes e que os vendiam a consumidores no concelho de Odemira.

No seguimento das diligências de investigação, a GNR deu cumprimento a três mandados de busca, uma em veículo e duas domiciliárias, de onde resultou a apreensão do seguinte material: 390 doses de heroína, cinco telemóveis, um veículo de alta cilindrada, uma balança digital de precisão e 75 euros em numerário.

Os detidos foram presentes ao Tribunal Judicial de Odemira, ontem, dia 11 de novembro. Ao suspeito de 43 anos foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva, enquanto que ao suspeito de 53 anos foi determinada a proibição de contacto com as testemunhas envolvidas no processo e apresentações semanais no posto policial da área de residência.


Comente esta notícia