Exposição

De acordo com a autarquia cubense, “o conjunto de fotografias apresentado neste livro é um retrato sensível e eloquente do mundo do Cante, dos lugares e espaços onde se pratica, de algumas figuras tutelares que o mantiveram vivo e de grupos que marcaram o movimento coral no Alentejo”.

Esta “é uma mostra de momentos de prática de Cante nos seus lugares de origem no Alentejo, nas comunidades alentejanas na área metropolitana de Lisboa e no mundo” e “leva-nos aos espaços onde o Cante acontece: a taberna, o palco, a festa, o encontro, a rua”.

“Os rostos retratados refletem a seriedade e o orgulho dos praticantes que garantem a continuidade do Cante. É um testemunho de um património vivo que é a voz do Alentejo”.

A mostra pode ser visitada das 13.00 às 19.00 horas, à segunda-feira e, entre as 09.00 às 19.00 horas, de terça à sexta-feira. A Biblioteca Municipal encerra aos fins-de-semana. 


Comente esta notícia