Escola EB 2,3 Damião de Odemira

No distrito de Beja, no ano letivo de 2018/2019 foram recolhidas, mais de 44 toneladas de resíduos elétricos e eletrónicos e pilhas usadas, com especial destaque para as escolas EB 2,3 Damião de Odemira e EB1 de Saboia.

A Escola Básica 2,3 Damião de Odemira foi o estabelecimento escolar que mais se destacou, ocupando o 1º lugar do ranking nacional. Ao longo dos 10 anos de participação na Geração Depositrão, esta escola já somou mais de 120 toneladas.

Estas duas escolas do concelho de Odemira (EB 2,3 Damião de Odemira e a EB1 de Saboia) somaram mais de 37,5 toneladas de resíduos, contribuindo fortemente para a representatividade do distrito de Beja a nível nacional, com 9% do total das mais de 470 toneladas recolhidas nesta edição.

De acordo com Filipa Moita, Responsável de Sensibilização e Comunicação da ERP Portugal, “ambas as escolas têm sido destacadas nesta campanha, em edições anteriores, pois a recolha destes resíduos já se tornou um comportamento frequente e automático por parte da comunidade local".

"Todos os anos a quantidade de resíduos tem sido maior, o que sublinha o empenho das escolas na defesa desta causa. A EB 2,3 Damião de Odemira, grande vencedora desta edição, tem sido um excelente exemplo de envolvimento integrado de vários agentes de relevo, nomeadamente: famílias, alunos, professores, funcionários, Câmara Municipal e outras entidades locais”, realça Filipa Moita. 

O projeto Geração Depositrão resulta de várias campanhas levadas a cabo pela ERP Portugal, junto da comunidade escolar, desde o início de 2007, em parceria com a ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa, através do programa Eco-Escolas. O seu objetivo é (in)formar as crianças e jovens e, através dos mesmos, a população em geral, sobre a importância do adequado encaminhamento de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE) e Resíduos de Pilhas e Acumuladores (RP&A). 


Comente esta notícia