Entrudanças

Sexta-feira, dia 5, o Museu da Ruralidade, em Entradas, abre ao público, a partir das 18.00 horas, para inaugurar a exposição "Memórias das Transumâncias no Campo Branco", iniciativa que assinala o arranque do festival Entrudanças e que conta com a participação do Grupo Coral "As Ceifeiras". Também nesta sexta-feira, pode participar na iniciação ao baile tradição, das 19.00 horas às 20.30 horas e das 22.00 horas às 23.30 horas, no baile, que encerra o primeiro dia de Entrudanças.

Sábado, dia 6, começa com uma oficina de gigantones, mas o momento alto do dia está agendado para as 14.30 horas, horário em que é feito o desfile de apresentação do projeto de criação artística "Entrudanças Chocalheiro", promovido pelas escolas do 1º ciclo de Castro Verde e que consistiu na criação de uma orquestra de percussão incorporando alguns chocalhos, onde os ritmos africanos e brasileiros se cruzam com os portugueses e de uma caraça, um figurino que teve como ponto de partida a lã, da transumância e da fabricação dos chocalhos. O sábado termina ao som dos Espinhos, com Bernardo e Eduardo Espinho, às 23.00 horas, no Museu da Ruralidade.

Domingo, dia 7, há, durante a manhã, oficina de máscaras, a partir das 18 horas modas ao baldão para ouvir no Museu da Ruralidade e às 21.30 horas, baile com Duo Milleret Mignotte.


Comente esta notícia