alunos

Os alunos do ensino profissional experimentam, no ano letivo 2020/2021, uma nova via de acesso ao ensino superior, ou seja exames regionais, a realizar em setembro. A Voz da Planície ouviu Artur Lança sobre esta nova possibilidade e o diretor da Escola Profissional de Cuba referiu que “concretiza-se”, com a mesma, “um desejo de muitas escolas profissionais”, explicando como tudo funcionava até agora e como vai ser daqui para a frente.

Na Escola Profissional de Cuba, Artur Lança considera que “poderão existir muitos alunos interessados em experimentar esta novidade” e frisa que “esta possibilidade repõe a justiça, nas condições de acesso ao ensino superior, a uma grande fatia dos alunos do ensino secundário”.

Há consórcio formados, ou seja estabelecimentos de ensino superior que asseguram a abertura de vagas para estes alunos, no ano letivo 2020/2021, e o do Sul inclui: os politécnicos de Beja, Setúbal, Santarém e Portalegre, assim como a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril e a Escola Náutica Infante D. Henrique, em Oeiras. Integra, ainda, esta rede, a Universidade do Algarve, que tem ensino politécnico.


Comente esta notícia