João Paulo Trindade

João Paulo Trindade frisa o percurso de consolidação e afirmação da instituição, registando a importância em termos financeiros que a mesma tem tido e que garante estar bem visível em estudos desenvolvidos sobre a matéria. Neste contexto, o presidente do IPBeja faz um balanço positivo destes 40 anos de existência, dizendo contudo, que “é preciso lutar contra o desafio da demografia,” no sentido de contribuir para a fixação de pessoas no território.

O Instituto Politécnico tem estado ligado e envolvido em tudo o que diz respeito à região e neste caso João Paulo Trindade falou da Plataforma Alentejo, onde tem estado desde o início, chamando a atenção, junto de diversas entidades e decisores, para a importância das acessibilidades no desenvolvimento dos projetos estruturantes do território, como o aeroporto de Beja.

Nesta entrevista, o presidente do IPBeja deixa, também, a indicação das duas áreas onde a instituição vai apostar no futuro e onde vai procurar “responder a desafios de outra natureza e complexidade”.

Neste mandato, João Paulo Trindade assegura que se tem apostado, igualmente, na marca IPBeja e na promoção da cultura, domínios que o presidente da Instituição assegura pretender continuar a desenvolver.

No final da entrevista que concedeu à Voz da Planície, a propósito da celebração dos 40 anos do IPBeja, João Paulo Trindade identifica as vantagens de se optar por uma instituição como esta que oferece “proximidade e formação de qualidade”.

Excertos da entrevista que pode ouvir nesta terça-feira, na integra, no jornal das 12.00 horas.


Comente esta notícia