É assim uma espécie de cante

Este espetáculo está inserido no PEAC – Programa Especial de Apoio à Cultura Portuguesa da Câmara Municipal de Beja e o Pax Julia é o palco onde a formação “É assim uma Espécie de Cante” vai apresentar o seu disco, assim como a sua versão do fado de Amália Rodrigues: “Anda o Sol na Minha Rua”. Paulo Ribeiro explica porque se escolheu este tema e como está a ser apresentado.

No espetáculo desta noite, os “É assim uma Espécie de Cante” vão cantar, igualmente, hits da música Pop portuguesa ("Momento" - Pedro Abrunhosa, “Circo de Feras” - Xutos & Pontapés, “Sexta-feira” - Boss AC, “Loucos de Lisboa” - João Gil, "Haja o que houver" - Madredeus, "Primeiro Beijo" - Rui Veloso, entre outros) são recriados à luz da linguagem e expressão do cante alentejano, onde a Pop é decantada pelos timbres e vozes dos cantadores do Grupo Coral e Etnográfico "Os Camponeses de Pias". Algumas modas originais da autoria de Paulo Ribeiro serão também apresentadas neste concerto.

Recorde-se que a formação “É assim... uma espécie de cante” foi um projeto que nasceu, em 2018, no âmbito do Festival B.


Comente esta notícia