CD DOURADAS ESPIGAS

A Junta de Freguesia de Albernoa e "As Douradas Espigas" lançam neste domingo, o primeiro CD do Grupo Coral Feminino da freguesia.

Com 13 modas, algumas do cancioneiro, outras criadas pelo próprio grupo, o CD com o título \"Albernoa é nossa terra\" é uma forma de valorizar e perpetuar a riqueza do Cante Alentejano, "como património vivo. Imaterial".

Como escreve na capa do CD, a presidente da Junta de Freguesia de Albernoa, "as vozes do Cante das Douradas Espigas são o eco da identidade, das raízes do Alentejo, são a construção do futuro que a Junta de Freguesia de Albernoa sempre tem estimulado e apoiado, tal como acontece com todos os outros projectos que promovam, difundam e valorizem o património da Freguesia". Sandra Margarida acrescenta que "tal como num grupo coral, é em conjunto que se constrói o desenvolvimento sustentável. É com essa convicção que sempre temos vindo a trabalhar. Com essa certeza que abraçamos cada projecto que nos valorize e distinga".

A gravação do CD está inserida num projecto, aprovado pelo PRODER, denominado \"EMTRA - Espaço de Memórias e Tradições de Albernoa\".

A cerimónia de lançamento é feita a partir das 18h00, no recinto de feiras da freguesia, e conta com a participação do Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa, num momento de festa aberto pelas \"Douradas Espigas\".

No âmbito do projecto EMTRA, as próximas iniciativas são o lançamento de dois livros. Um sobre gastronomia e doçaria tradicionais e o outro, é uma reedição de uma obra de Manuel Ribeiro, escritor de Albernoa. 


Comente esta notícia