BICLA CTT distribuição de correios

A utilização daquele meio torna possível que igual número de carteiros passe a fazer a distribuição diária de correio usando este meio de transporte ecológico.

Em nota de imprensa, os CTT frisam que com aquela acção reafirmam o desejo de uma política mais amiga do ambiente, situação que permitiu colocar os Correios de Portugal como 6º operador postal do mundo com melhor desempenho carbónico.

O documento refere também que estas bicicletas vêm reforçar a estrutura que os CTT mantêm no distrito e que é composta por 39 veículos de distribuição, de várias tipologias e que esta aposta na sustentabilidade, que se materializou na compra de 122 bicicletas que percorrerão Portugal inteiro, implicou um investimento de 245 mil euros.

Nas situações em que a bicicleta assistida electricamente substitui o giro apeado, os CTT prevêem a redução do tempo de giro do carteiro e um aumento da quantidade de correio que é transportado, eliminando os abastecimentos durante o percurso.


Comente esta notícia

è bom no verao em circuitos planos e que os peneus nao furem...

jose costa

30/11/-0001

Pura propaganda! os mesmos que encerram dezenas de estações de correios, apregoam agora a banha-da-cobra, 245 mil euros em bicicletas...

ciclista nato

30/11/-0001