Vacinação Beja

A Voz da Planície esteve a acompanhar o processo de vacinação, em Beja, e foi no pavilhão João Serra Magalhães, onde decorre o mesmo, que falou com Cláudia Castelo, diretora dos Cuidados de Saúde Primários do Baixo Alentejo, que avançou que, em dois dias, já foram vacinadas 324 pessoas do concelho. Fez um balanço positivo deste processo, focando atenções no espaço de Beja, que tem acompanhado de forma mais presencial.

O processo de vacinação começou com algum atraso e esta semana foi possível iniciar, utilizando as vacinas recebidas, 4 mil, revelou Cláudia Castelo. Destas, em dois dias, foram administradas 1110 no primeiro e 910 no segundo, nos diversos concelhos do distrito, ficando de fora o de Odemira que não está na área de abrangência da ULSBA, mas sim da ULSLA, tal como referiu. Até abril é o previsto para o termo do primeiro processo e Cláudia Castelo realçou o facto, dos utentes estarem tranquilos a aguardar pelas suas tomas, chegando ao espaço, os mais velhos, acompanhados por familiares. Recordo que o depoimento foi recolhido ontem.

Tranquilidade e segurança foi o que a Voz da Planície constatou, efetivamente, por parte dos utentes mais velhos que aguardavam, no dia de ontem, pela sua vez de receber a vacinação contra a Covid-19.

Cláudia Castelo fez, ainda, o balanço da vacinação das ERPIS, frisando que das 66 existentes, em 59 já foram administradas as duas doses, faltando 7, mesmo assim nestas, referiu, a primeira toma já foi dada. Fez questão de realçar, igualmente, o papel exemplar das autarquias neste processo e dos profissionais de saúde.


Comente esta notícia

Galeria de fotos