reunião Concelhia Mulheres Socialistas

O comunicado começa por destacar “o sentido de prevenção, responsabilidade e comportamento exemplar da comunidade bejense”, que tem cumprido “as medidas restritivas de confinamento e as “recomendações das autoridades de saúde (…) neste momento de emergência”.

Em declarações à Voz da Planície, Olga Sousa, presidente da Concelhia das Mulheres Socialistas de Beja salienta “o papel fundamental do poder local, através da atuação da Câmara Municipal de Beja”. Olga Sousa frisa que “o executivo municipal tem manifestado uma atuação irrepreensível” que tem “correspondido às exigências do momento”.

O comunicado enaltece, sobretudo, “o desempenho dos profissionais de saúde, forças de segurança e socorro como as corporações de bombeiros, forças armadas,IPSS`S, trabalhadores da administração pública e serviços municipais de gestão e manutenção de equipamentos e serviços essenciais, que, neste momento, se encontram na linha da frente do combate a esta pandemia”.

Por outro lado, o documento da Concelhia das Mulheres Socialistas de Beja sublinha “o espírito de cooperação e de solidariedade” que “se tem revelado essencial na proteção dos mais vulneráveis”, nomeadamente, através de ações de “voluntariado e de trabalho colaborativo”.

Por fim, o secretariado da Concelhia das Mulheres Socialistas distingue “a liderança do Primeiro-Ministro, António Costa e congratula-se pela eficácia da atuação do poder central, que tudo tem feito para garantir uma resposta adequada à pandemia, sabendo gerir e responder a esta situação atípica da melhor forma possível, o que paralelamente, tem contribuído para renovar e reforçar a confiança dos portugueses nas estruturas do Estado”. 


Comente esta notícia