Marcha da Comissão de Utentes em defesa da Saúde

Isabel Santos, da Comissão de Utentes de Beja, recordou que "é fundamental existir um serviço de saúde público, gratuito e de qualidade".

Nesta iniciativa ouviram-se palavras de ordem "em defesa da saúde", foi recordada "a necessidade, urgente de diversos especialistas", "o estado em que consultas de pediatria e de diabetes é dado, em contentores e pediu-se investimento, um olhar diferente para uma região tão carenciada na área da saúde" e que "serve a população do distrito, incluindo a de Odemira, apesar de todas as carências que tem."

A Comissão de Utentes de Beja lembrou, também, neste sábado de manhã, que continua à espera de uma reunião prometida pela ministra da Saúde. Marta Temido esteve em Beja no dia 21 de Janeiro e, nessa altura a Comissão entregou-lhe um documento com as preocupações que tem relativamente à saúde nesta região, a ministra deixou a promessa de uma reunião, que continua por agendar. 


Comente esta notícia

Galeria de fotos