Cante Alentejano
Esta edição, que apresenta como tema principal "Cante do Trabalho", é uma intensa festa com muitos momentos de animação, convívio, petisco e onde o cante assume papel principal, como afirma Tomé Pires. O presidente da Câmara Municipal de Serpa destaca ainda a cerimónia alusiva ao 3º aniversário do Reconhecimento do Cante como património Imaterial da Humanidade, marcada, para amanhã à noite, no Cine-Teatro.

Entretanto, neste domingo o Cante Fest tem como cenário, o Pavilhão de Feiras, do programa destacamos a apresentação do livro "Alentejo: Vozes e Estéticas em 1939/40". Edição Crítica dos Registos Sonoros realizados por Armando Leça, com Maria do Rosário Pestana e José Moças, a apresentação dos CDs do Grupo Coral "Os Arraianos" de Vila Verde de Ficalho e do Grupo Coral Feminino "Madrigal", de Vila Nova de São Bento e a apresentação da Medalha alusiva ao Cante com Tomé Pires, Presidente da Câmara Municipal de Serpa e José Teixeira, escultor.

Para hoje estão ainda agendadas conversas com Modesto Navarro e Valdemar Santos sobre Giacometti e a criação do Museu do Trabalho e a actuação do grupo Trigo Roxo.

Entre as 14.30 e as 21.00 horas, há a actuação de grupos corais em palco.




Comente esta notícia