Feira Cante - Cuba

O evento arranca às 10.00 horas, na Taberna do Arrufa, com um colóquio dedicado à temática do cante, intitulado “Polifonias do Mediterrâneo”, tal como explica José Roque, representante dos Raízes do Cante.

Depois do colóquio, a maratona conta com três momentos distintos: às 13.00 horas, há roteiro pelos restaurantes da vila; às 16.00 horas, o cante alentejano percorre os espaços expositivos da Feira e, a partir das 20.00 horas, a Maratona do Cante faz um roteiro pelas tabernas da vila.

Além da II Maratona do Cante, neste sábado, destaque, ainda, para a arruada da Milícia Templária de Tomar e folclore da Bretanha com início marcado para as 19.00 horas. Meia hora depois, há cantares da Sardenha por vários locais da feira.

O dia de hoje fica, também, marcado pelo concerto dos Trio Odemira, às 22.00 horas,  no Palco das Polifonias e o espetáculo de Silvano Sanches, às 00.00 horas, com sons de Cabo Verde, no Palco Sons do Mundo, na Igreja Matriz. 


Comente esta notícia

Galeria de fotos