ANNE FRANK

A Câmara de Serpa quer que esta mostra seja um instrumento para refletir sobre a preservação da liberdade e dos direitos humanos fundamentais para a existência de sociedades plurais e justas.

Criada originalmente pela Anne Frank House (Amesterdão – Holanda), a exposição, que chega a Serpa “pela mão” da autarquia, apresenta-se como um instrumento educativo e tem como propósito levar à reflexão sobre um período em que o regime nazi esteve no poder, assim como manter viva a memória da “menina” cujo diário transformou no símbolo das vítimas de todas as formas de discriminação e opressão. Esta é uma história contada na perspetiva da família Frank, mas liga-se, também, à história do Holocausto, a partir do relato de sobreviventes.

A mostra pode ser visitada das 10.00 às 13.00 horas e das 14.00 ás 17.00 horas, de segunda a sexta-feira e as entradas são livres.


Comente esta notícia