fonte pizões

A sessão realiza-se, às 14.30 horas, no recinto do Castelo de Moura, local da primeira unidade de exploração, sendo posteriormente realizado o Percurso Temático da Água “Do Castello até Pisões”.

O documento, que vai ser assinado, prevê a realização de até dois passeios mensais, que consistem no Percurso Temático da Água “Do Castello até Pisões”. Trata-se de uma actividade inserida na estratégia de desenvolvimento local, em que se pretende valorizar o activo territorial “Água” nas suas diversas dimensões enquanto património natural, cultural e paisagístico.
A parceria agora estabelecida entre o município de Moura e a Mineraqua Portugal é fundamental para dar a conhecer a importância histórica da marca Castello na vivência da cidade de Moura. Este protocolo insere-se na estratégia municipal de preservar a “memória” e potenciar esse “passado” como oferta cultural e turística, pretendendo igualmente envolver a comunidade escolar do concelho.

14 de Janeiro foi o dia escolhido para a assinatura deste protocolo, já que foi precisamente a 14 de Janeiro de 1899 que a Câmara Municipal de Moura assinou o contrato de exclusividade com Julio Maximo Pereira e António de Assis Camilo, para a “exportação das águas minero-medicinais” da então Vila de Moura, começando aqui a Água Castello a dar os seus primeiros passos.



Comente esta notícia