Beja

A autarquia avança, também, que os espetáculos apoiados “vão estar disponíveis a partir de setembro e que ultrapassam os 30 mil euros, inicialmente definidos para o Programa”.

O Município de Beja refere, igualmente, que “analisou, e considerou, nos termos das normas deste programa especial, todas as candidaturas recebidas até dia 30 de junho” e que “dá por encerrado o período de candidaturas, uma vez que a verba está esgotada.”

“Os agentes culturais apoiados, distribuem-se entre associações culturais, artistas em nome individual, empresários e/ou programadores culturais, todos a exercer a sua atividade e/ou residir no concelho de Beja” e a “agenda cultural da cidade, através do PEAC, contará, a partir de setembro com 3 exposições – fotografia e olaria – 5 sessões de contos, 4 sessões de teatro, marionetas e teatro-bar, e 11 espetáculos musicais, do cante ao fado, passando pela música tradicional portuguesa, DJ e Rock e ainda, com a aquisição de 10 serviços de apoio técnico de som e luz”.

“As diferentes atividades irão decorrer em vários espaços culturais da cidade, nomeadamente na Biblioteca Municipal, no Centro UNESCO e no Pax-Júlia” e a autarquia “assegura desde já 50% do pagamento dos projetos dos promotores selecionados, pagando os restantes 50% no mês de realização/exibição dos conteúdos que integraram as candidaturas”, é referido, ainda, no documento enviado à nossa redação.


Comente esta notícia

Galeria de fotos