peixe lota

No concelho de Odemira há um projecto pioneiro a dar os primeiros passos, o "Cabaz do Mar", uma ideia desenvolvida pela TAIPA que está a ser implementada pela Associação Cultural e de Desenvolvimento de Pescadores e Moradores da Azenha do Mar.

A pesca de pequena escala nesta zona do litoral tem potencial para possibilitar um rendimento condigno aos produtores, oferecendo pescado fresco e de qualidade a preços acessíveis aos consumidores.

A iniciativa é semelhante àquela que já existe com o "Cabaz da Horta" mas agora aquilo que se pretende é valorizar a profissão de "pescador" e as espécies que são capturadas naquela zona e que habitualmente têm pouco valor em lota como explica Telma Guerreiro, da TAIPA.

Através deste projecto o circuito de comercialização é reduzido entre produtor e consumidor e há também uma redução de rejeições das capturas, aumentando a variedade da oferta ao consumidor e diminuindo os impactos negativos da actividade piscatória no ambiente.

Telma Guerreiro reforça ainda a ideia que o desenvolvimento deste projecto é da competência da Associação Cultural e de Desenvolvimento de Pescadores e Moradores da Azenha do Mar.

A Associação Cultural e de Desenvolvimento de Pescadores e Moradores da Azenha do Mar fica responsável pela compra do pescado aos sócios aderentes na primeira venda em lota, organiza os cabazes, o seu transporte e venda aos consumidores que subscrevam o "Cabaz do Mar". A periodicidade de distribuição depende da vontade do consumidor e de acordo com as condições do mar.


Comente esta notícia